terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Multiverso



sábado, 22 de fevereiro de 2014

Festival de Repente Rap e Outras Modas no Sertão do São Francisco

No dia 14 de março, em comemoração ao dia Nacional da Poesia, acontecerá o Festival De Repente Rap e Outras Modas No Sertão do São Francisco; das 09h às 23h, no Centro de Cultura João Gilberto, no município de Juazeiro, estado da Bahia.

Este evento é patrocinado pelo Edital 22/2012 (Fundo de Cultura da Bahia) Territórios Culturais. A programação é composta de uma feira de difusão cultural, apresentações de manifestações populares tradicionais e contemporâneas ( movimento HIP - HOP), exposição de livros de autores locais e cordéis, intervenção de poetas e declamadores, exposição de grupos e/ou associação de artesãos do território, apresentação de dança, teatro, disputa entre repentistas, emboladores e rappers e Shows de Neto e Mundinho, Ary Poeta, Roberto Junior Dublando Roberto Carlos e Tico Seixas realizando um tributo a Raul Seixas.

Festival de Repente Rap e Outras Modas no Sertão do São Francisco

Programação

9h às 16h- Feira de Difusão Cultural - Foyer Centro de Cultura João Gilberto;
9:30 h – Apresentação do Espetáculo o Palhaço e A bailarina – Teatro Interno CCJB;
10:30 h – Mesa Temática: “Estado e Cultura a mão que afaga é a mesma que apedreja” – Teatro Interno Centro de Cultura João Gilberto – com Virgílio Siqueira;
11:30 h – Mostra de dança do Naenda;
14:00h – Intervenção de declamadores na Feira de Difusão Cultural – Foyer Centro de Cultura João Gilberto – Sergio Murilo, Ramon, Iuana Louise  ;
14:30 h – Mesa Temática: Politica Cultural e o Papel da Sociedade Civil – Teatro Interno Centro de Cultura João Gilberto – com Marcio Ângelo Ribeiro;
15:30 h – Intervenção dos repentistas na feira de Difusão Cultural – Foyer do CCJB  -Valdir Lemos e Rafael Neto;
17:00 h – Apresentação do espetáculo O Rico Avarento – Centro de Cultura João Gilberto – Grupo Abordagem Teatral;

18:00 h – Cortejo Cultural ( Quadrilha Oz cangaceiros –Casa Nova - BA, Congos – Juazeiro -BA, Samba de Véi, Hip Hop, Repentistas, Declamadores e comunidade);
19:00 h – Apresentação  Quadrilha Oz cangaceiros –Casa Nova – BA;
19:30 – Apresentação Ba Norte Crew;
20:00h – Disputa de Rap e Repente – Sandrão, Jocélio Belo, Euri Mania e Rafael Neto, Valdir Lemos ;
 20:40h – Ary Poeta MPC;
21:50h –  Neto e Mudinho;
22: 30 – Tributo a Raul Seixas com Tico Seixas;
(sujeito a alteração) 
 É importante participar !
Grata,

Profª Gerlane Fernandes

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Carybé

"Mulata Grande", 1980, óleo sobre tela de 61 x 45 cm - obra  de Carybé exposta no MAM de Salvador - Bahia

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Cambalache


Cambalache 
Que o mundo foi e será uma porcaria eu já sei
Em 506 e em 2000 também
Que sempre houve ladrões, maquiavélicos e safados
Contentes e frustrados, valores, confusão
Mas que o século XX é uma praga de maldade e lixo
Já não há quem negue
Vivemos atolados na lameira
E no mesmo lodo todos manuseados
Hoje em dia dá no mesmo ser direito que traidor
Ignorante, sábio, besta, pretensioso, afanador
Tudo é igual, nada é melhor
É o mesmo um burro que um bom professor
Sem diferir, é sim senhor
Tanto no norte ou como no sul
Se um vive na impostura e outro afana em sua ambição
Dá no mesmo que seja padre, carvoeiro, rei de paus
Cara dura ou senador
Que falta de respeito, que afronta pra razão
Qualquer um é senhor, qualquer um é ladrão
Misturam-se Beethoven, Ringo Star e Napoleão
Pio IX e D. João,  John Lennon e San Martin
Como igual na frente da vitrine
Esses bagunceiros se misturam à vida
Feridos por um sabre já sem ponta
Por chorar a bíblia junto ao aquecedor
Século XX "cambalache", problemático e febril
O que não chora não mama
Quem não rouba é um imbecil
Já não dá mais, força que dá
Que lá no inferno nos vamos encontrar
Não penses mais, senta-te ao lado
Que a ninguém mais importa se nasceste honrado
Se é o mesmo que trabalha noite e dia como um boi
Se é o que vive na fartura, se é o que mata, se é o
Que cura,  ou mesmo fora-da-lei

Calor

Desenho de Jota

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

O Menino e o Mundo

"O Menino e o Mundo" é o segundo longa-metragem da Filme de Papel, dirigido por Alê Abreu (Garoto Cósmico, 2008). Participações especiais de Emicida, Naná Vasconcelos, Barbatuques e GEM- Grupo Experimental de Música. Trilha sonora original de Ruben Feffer e Gustavo Kurlat.

Sofrendo com a falta do pai, um menino deixa sua aldeia e descobre um mundo fantástico dominado por máquinas-bichos e estranhos seres alienígenas. Uma inusitada animação com várias técnicas artísticas que retrata as questões do mundo moderno através do olhar de uma criança.

Trilha sonora do filme "O Menino e o Mundo", de Alê Abreu. Músicas de Ruben Feffer e Gustavo Kurlat. Rap EMICIDA
Curta no Facebook: https://www.facebook.com/pages/O-Meni...

Barbatuques, durante as gravações da trilha sonora do filme "O Menino e o Mundo", no estúdio Ultrassom (camera: Ana Roman montagem: Huila Gomes)

"O Menino e o Mundo" é o segundo longa-metragem da Filme de Papel, dirigido por Alê Abreu (Garoto Cósmico, 2008). Participações especiais de Emicida, Naná Vasconcelos, Barbatuques e GEM- Grupo Experimental de Música. Trilha sonora original de Ruben Feffer e Gustavo Kurlat.

Escola Aprígio Duarte nos 100 Anos de Carnaval - Juazeiro da Bahia

A Escola Aprígio Duarte que fica no bairro São Geraldo fez uma homenagem aos 100 Anos de Carnaval da cidade, os alunos fizeram murais, máscaras e pesquisas sobre a história dos Carnavais de Juazeiro. Na Escola aconteceu um animado baile de Carnaval ao som de músicas antigas.
A Gestora Profª Marlene e a coordenadora Profª Fátima tem um grande trabalho de inclusão Social. Os alunos foram passear e pesquisar no Museu Regional do São Francisco sobre os 100 de Carnaval.
A Diretora do Museu Rosi Costa e a técnica Cida deram uma aula  sobre Juazeiro e a  História dos 100 Anos de Carnaval.

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Chiquita Bacana

Carnaval de Juazeiro - 100 Anos

 O Rei Momo e  Rainha desfilando na avenida Adolpho Vianna, Circuito Ivete Sangalo, Nil Vitorino grande atriz da cidade, Fernando Cabeleireiro que faz e fez parte dos Maiores Carnavais de Juazeiro, Nicinha foliã das mais animadas. As batucadas relembrando os antigos carnavais de rua da cidade ''as escolas de samba.'' 
O Circuto Edésio & Urbano foi presença dos mais incriveis personagem, o melhor do carnaval, rever amigos que você não via a muito tempo. 
 Os Filhos da Chiquita Bacana.
No Circuito Edésio Santos o que não faltava era animação e a presença de várias celebridades da nossa cidade: professores, artistas, politicos, sindicalistas, vereadores, escritores. O circuito da alegria.
O Circuito Edésio Santos & Urbano

Gal Costa & Luiz Melodia - Pérola Negra

100 Anos de Carnaval - Ruas de Juazeiro

 Nos 100 Anos de Carnaval de Juazeiro todas as tribos foram para as Ruas.
 Atletas  fantasiados na corrida da amizade, piratas, monstros.
 Teve o bloco amigos dos artistas, o mais novo da cidade.
 A volta das batucadas.
 Teve a participações de vários blocos com estilo diferentes, Axé, batucada, com instrumentos de sopro.  
O Nosso Poeta dos 100 Anos de Carnaval.
Mauriçola fez o hino dos 100 Anos do Carnaval. Uma música muito bonita que fala sobre vários personagens que participaram do nosso Carnaval e saiam espalhando alegria para toda cidade.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Circuito Daniel Alves (Orla II) 100 Anos de Carnaval Juazeiro da Bahia

No Circuito Daniel Alves (Orla II)  vai passar várias grandes atrações em homenagens aos 100 anos do Carnaval de Juazeiro.
Durval Lélys, Pablo, Edsom Gomes, Filhos de Jorge e  Garota Safada grandes atrações  vão alegrar as noites no Circuito Daniel Alves (Orla II).
 Na noite de Asa de Águia  o grande artista da região Kekê de Bela estava presente com um pintura de sua autoria para fazer uma homenagem a Durval Lélys.
No Circuito Daniel Alves também vamos conhecer o Rei Momo e a Rainha do Carnaval.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

As Poderosas nos 100 Anos de Carnaval - Juazeiro da Bahia

 A Avenida  Adolpho Vianna ficou mais alegre, com o desfile do Bloco As Poderosas.
Bloco mais divertido e irreverente da cidade.

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Lêdo Ivo em Grande Estilo

Mais uma intervenção Urbana nosso maior artista contemporâneo, Lêdo Ivo começa a mudar o bairro angary e o centro de Juazeiro com mais um espaço de recreação e cultura para cidade.
O Prefeito Isaac Carvalho deveria continuar e mudar o cais da cidade, o povo de Juazeiro não gosta  prefere o cais antigo é muito mais bonito.

Adeus adeus, Carnaval

Camarote Carro Velho - Uma homenagem a Ivete Sangalo 100 Anos Carnaval de Juazeiro da Bahia

 Marção é o nosso profº Pardal, nos 100 Anos do Carnaval ele faz uma homenagem a nossa querida Super Star Ivete Sangalo. 
O Camarote fica na Avenida Adolpho Vianna, Marção não para de inventar coisas, um grande criador da nossa cidade. Um dia vai ficar rico.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Camarote de Carlos Cabeleireiro

Carlos Cabeleireiro é um grande artista da cidade, no Carnaval dos 100 Anos ele vai faz muita suada com o seu Camarote ao lado do foto paulista, 1º andar. Conheça o camarote.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Beguinha e os Personagens - 100 Anos de Carnaval de Juazeiro da Bahia

,
 Beguinha uns dos nossos maiores artistas  tem história nos Carnavais da Cidade. Criou o Bloco O Sapo,  os Caretas e participou na decoração de muitos eventos da cidade principalmente dos Carnavais de Juazeiro.  
Nos 100 Anos do Carnaval de Juazeiro Beguinha faz uma homenagem aos personagens dos grandes Carnavais de Juazeiro.
 O Carnaval é de origem  Europeia, tem muitos personagens  como: Rei Momo, Pierrô, Colombina etc.
Beguinha também desenhou Palhaços, baianas, índios, bailarinas, caretas. São trintas personagens do Carnaval de rua que vão decorar a rua da 28 de setembro no polo Edésio e Urbano.

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Formato do evento permitirá que a rotina da cidade não seja alterada durante todo o período carnavalesco

Por Luiz Hélio/PMJ

O “Carnaval de Juazeiro 100 Anos” será realizado de 07 a 16 de fevereiro e além de contar com algumas das principais estrelas da música baiana também trará a inovação de um formato que permitirá o completo funcionamento dos órgãos públicos, das instituições financeiras, do comércio e do trânsito durante praticamente todo o período do evento.

Através de Decreto, o Prefeito Isaac Carvalho determinou o dia 14 de fevereiro (sexta-feira) como o único feriado carnavalesco municipal. E através de um acordo entre o Sindicato dos Comerciários e o Sindlojas ficou definido que o comércio também não abrirá no dia 15 (Sábado). As respectivas entidades informaram ainda que apenas farmácias, supermercados, distribuidoras de bebidas e padarias funcionarão normalmente e as horas não trabalhadas nesse dia serão compensadas nas datas comemorativas dos dias das Mães e dos Pais.
Com uma extensa e recheada grade de atrações para todos os gostos musicais, como axé, pagode, reggae, rock, samba, pop e afoxé, o “Carnaval de Juazeiro 100 Anos” oferecerá três polos festivos permitindo que o folião possa se programar e curtir com todo conforto e segurança os artistas que se apresentarão no maior e melhor pré-carnaval do Brasil. Para o coordenador Samuel Bezerra, mesmo com dez dias a rotina da cidade pouco será alterada.

“Uma data tão importante como essa, o centenário do nosso carnaval, merecia uma comemoração à altura. Por isso pensamos um formato no qual pudéssemos realizar uma grande festa sem alterar muito a rotina da cidade, que não irá parar durante todos esses dias. Serão mantidos os serviços dos órgãos públicos, dos bancos e do comércio até a quinta-feira, dia 13”, ressaltou.
Entenda como funcionará a programação carnavalesca em Juazeiro entre os dias 07 e 16 de fevereiro.
O primeiro dia da folia
 será na sexta-feira (07/02) com a “Lavagem da Orla”, da TV São Francisco, levando para a avenida a banda Babado Novo. O bloco desfilará no Circuito Ivete Sangalo (Adolfo Viana/Orla 1) às 21 horas. No sábado (08/02) será a vez do irreverente bloco “As Poderosas” desfilar no mesmo circuito e também às 21 horas tendo a banda Ghig Ghetto como atração. O trânsito no circuito e ruas do entorno funcionará normalmente durante o dia.


De domingo (09/02) até a quarta-feira (12/02) a folia passa para o Circuito Daniel Alves, no Palco Multicultural instalado na Orla 2, que contará com estrutura de bares e camarotes. A banda Asa de Águia, os cantores Pablo do Arrocha, Jau e Edson Gomes (reggae), as bandas Filhos de Jorge, Asas Livres e Garota Safada, além de atrações locais, animarão o público durante as quatro noites de festa no circuito, com os shows iniciando às 21 horas e encerrando por volta das 02 horas da madrugada.

A partir da quinta-feira (13) até a manhã de domingo (16) os foliões voltam a brincar o carnaval no tradicional percurso da Adolfo Viana/Orla 1, batizado de Circuito Ivete Sangalo em homenagem à maior estrela da música nacional da atualidade, nascida em Juazeiro e que marcará presença na comemoração do centenário como atração da Prefeitura puxando o trio da pipoca. Além de Ivete, outras grandes atrações desfilarão nos trios dos blocos e da pipoca.

A despedida do circuito e de todo o carnaval acontecerá com um memorável encontro de trios sob os comandos luxuosos de Luiz Caldas, Armandinho e Margareth Menezes. Nesse mesmo período paralelamente estarão acontecendo os shows do Circuito Edésio Santos/Urbano, no Palco Multicultural instalado na rua da 28 com várias atrações culturais, orquestra de sopro, Tributo ao Reggae com a banda Tribo de Jah, além da banda Mametto, e artistas locais.
Confira a programação completa no site www.carnavaldejuazeirobahia.com

Decoração - 100 Anos Carnaval de Juazeiro da Bahia

Com o tema  100 anos de Carnaval, está sendo feita a decoração do Carnaval de Juazeiro, com muita vontade e experiência o artista plastico Bebeto  grande Carnavalesco que trabalhou e aprendeu nas escolas de Samba do Rio de Janeiro. As alegrórias são feita com isopor e fibra de vidro pelo artista Lulinha São mascaras tridimensional  gigantes e coloridas que irão decorar  a Orla I  de Juazeiro.
Do papel Crepom a fibra de vidro
Bebeto e Lulinha fizeram uma decoração com elementos tridimensionais e estão lançando pela primeira vez na cidade, fazendo história. Juazeiro tem uma tradição de grandes artistas, com uma capacidade criativa muito boa, Coelhão, huginho, Carlão, Fernando Cabeleireiro e Bequinha sempre deixaram o Carnaval de Juazeiro com mais brilho, mais colorido. Do papel Crepom a fibra de vidro.   
O Ator e agitador cultural Bambam visitando a Oficina do Carnaval.
Bambam chegou em clima de Carnaval espalhando alegria
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia