segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Ilê Aiyê

Rei e Rainha do Carnaval foram escolhidos com muita festa no Country


Por Luiz Hélio/Seiasc

Um domingo de muita festa e grande público no Country Clube foi o cenário para o desfile que escolheu o Rei Momo e a Rainha do Carnaval de Juazeiro 2012. Antes da entrada na passarela dos candidatos e candidatas, a banda “Amadores Profissionais” deu início à animação tocando clássicos do axé e do pop nacional. 
Quatro homens disputaram à coroa de monarca da folia mostrando muita desenvoltura, animação e irreverência. Do lado feminino, beleza, sensualidade, elegância, charme e simpatia das sete postulantes ao cargo de soberana do carnaval mostraram que não seria nada fácil para os jurados escolherem o casal que nos próximos dias irá comandar a maior festa popular da região. 
Ao som da banda “Samba de Mezza” e sob a apresentação do Rei Momo dos carnavais de 2010 e 2011, o irreverente ator e produtor Flávio Henrique, gordinhos e musas levaram o público ao delírio. A agente social Gilmara Nascimento estava encantada com o evento. “Foi uma idéia muito boa fazer essa festa maravilhosa para escolher o Rei e a Rainha, pois já deixou todo mundo no clima de carnaval”, elogiou.
Após muito barulho e animação das torcidas, a expectativa tomou conta do salão para o anúncio dos vencedores do concurso, que além dos títulos de Rei, Rainha e Princesas, levariam também uma premiação em dinheiro no valor total de R$ 3 mil reais. Entre os quatro candidatos a Rei Momo, aquele que mais recebeu aplausos da platéia e obteve mais votos do júri foi Max Moura, que não escondeu a emoção e chorou ao comemorar junto com a esposa. 
Estou muito feliz. Será uma honra representar o folião de nossa cidade e por isso quero convidar a todos para curtir este carnaval com muita paz e alegria, pois a Prefeitura está organizando uma festa muito bonita e está será a melhor que nós já tivemos”, ressaltou. Ansiedade ainda maior para saber quem seria a Rainha e as Princesas. Adentrando a passarela com muito samba no pé, as candidatas mais uma vez mostraram que qualquer uma delas poderia ser eleita. 
As belas Kássia Bahia (3ª colocada) e Elizabete Oliveira (2ª colocada) ficaram com o título de Princesas. Mais aquela que causou maior furor tanto no público quanto nos jurados foi a garota da flor vermelha no cabelo, a estonteante Ruane Tayná, eleita e ovacionada como a nova Rainha do Carnaval de Juazeiro. “Quero transmitir essa energia de hoje durante todos os dias de carnaval, afinal uma Rainha precisa cumprir a missão de passar alegria e beleza a todos os foliões”, falou com entusiasmo. 
O secretário Crisóstomo Lima (Zó) destacou a importância do evento e do processo democrático do mesmo. “É uma experiência nova, pois antes o Rei e a Rainha eram indicados e não havia toda essa participação popular que tivemos aqui. Nosso objetivo é transformá-la em lei para que vire tradição no nosso carnaval”, frisou. 
Para o prefeito Isaac Carvalho, a escolha do Rei e da Rainha, além do “Esquenta” que aconteceu nos últimos quatro domingos na orla, deixaram a cidade no clima da folia. “Não estamos medindo esforços para realizar um carnaval à altura do que o povo de Juazeiro merece. A orla recebeu uma multidão nos últimos domingos com o “Esquenta” e hoje essa bela festa premia o casal que comandará a cidade durante o reinado de Momo”. 
Após desejar aos juazeirenses e visitantes uma festa com muita paz e alegria, Isaac Carvalho entregou a coroa e as faixas aos vencedores. A festa ainda contou com shows da dupla Ítalo e Maciel, além de Xexeu e banda. 

sábado, 28 de janeiro de 2012

Samba de Roda

Juazeiro da Bahia


 "O Carnaval da Bahia Começa Aqui!" chamada do cartaz de divulgação do Carnaval de Juazeiro da Bahia, que acontece de 2 a 5 de fevereiro. A festa começa no dia de Iemanjá, Mãe D'água, que tem como símbolo uma Sereia. Os seguidores do candomblé, Umbanda e católicos de Juazeiro fazem  homenagens a essa Orixá nas margem do Rio São Francisco.
Juazeiro é uma cidade cheia de atrações, o Velho Chico, sol, muitas Ilhas, a mais famosa  Ilha do Rodeadouro, Bode Assado, Moqueca de Peixe, Vinhos, Passeio de Barça, vários pontos turísticos e o melhor Carnaval do interior da Bahia, com mais de 50 atrações. Vai ser um grande fim de semana. É você pode conhecer a cidade de Petrolina que fica no outro lado do rio que também é cheia de grandes atrações.

Esperando o Carnaval

 Nas margens do Rio São Francisco é onde começa o Carnaval da Bahia. Juazeiro da Bahia, a 500 Km de Salvador, começa duas semanas antes do oficial, de 2 a 5 de Fevereiro. São mais de 50 atrações. 
A montagem dos Camarotes na etapa final - Orla de Juazeiro.

Geronimo É d´Oxum TVE

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Magary Lord - Inventando Moda

Lendas das Caririzeiras - Poções Juremal

 Poções um povoado de Juremal, 20 km da Escola Durval Barbosa da Cunha, existe a Capela das Covinhas no meio da Caatinga, que guarda a história das Irmã Caririzeiras. A Lenda das duas irmãs, Maria e Agostinha.
 Duas Indiazinhas que  morreram de fome, foram achadas e enterradas pelos vaqueiros da região, que fizeram duas covinha e no lugar nasceram 2 pés de Angico que se entrelaçaram, o  local virou ponto de romarias de sertanejos em busca de cura.
 A Capela das Covinha onde Maria e Agostina, as irmãs Caririzeiras estão enterradas é cheio de presentes, capelas, pernas de madeiras, retratos e vestido de noiva, virou local de peregrinação.
A Capela é aberta a visitas, os restos mortais se encontra no local a meio séculos.

sábado, 21 de janeiro de 2012

Grupo Folclórico da Bahia

MinC quer triplicar número de livros lidos por cidadão no país


No Dia do Leitor, celebrado no último dia 7 de janeiro,  o Ministério da Cultura para destacou que uma das metas do Plano Nacional de Cultura 2010/20, aprovado no dia 13 de dezembro de 2011, tem como objetivo estimular cada cidadão a ler, pelo menos, quatro livros por ano que não sejam títulos de exigência escolar. Hoje, a média anual de leitura é de 1,3 livro por pessoa, segundo o Instituto Pró-Livro. Para executar esta transformação, o MinC tem diversas ações em execução – como a modernização de bibliotecas públicas e os agentes de leitura – e outras a serem implantadas. Entre elas está o barateamento do preço do livro.
Visando vender o livro a valores mais baixos, a Fundação Biblioteca Nacional (FBN) fez o cadastramento das editoras – já são 10 mil títulos passíveis de serem comercializados a R$ 10. Em um primeiro momento, estes títulos estarão à disposição das bibliotecas, que receberão um cartão-livro para comprá-los. Posteriormente, a sociedade também será beneficiada pela ação. Segundo a FBN, existem no Brasil 96 milhões de leitores e apenas 30 milhões compram livros. Ou seja, há um potencial a ser alcançado com o livro mais barato. A ideia, de acordo com o secretário-executivo do Ministério da Cultura, Vitor Ortiz, é com o preço do livro mais baixo, viabilizar o acesso ao produto de classes sociais diversas, incluindo a classe C. “Isso vai contribuir para que a meta de o brasileiro ler quatro livros por ano seja atingida”, avalia Ortiz. A média de leitura do brasileiro é inferior a outros países da região, como por exemplo, a Colômbia, onde se lê dois livros por ano por pessoa.
Entre as ações desenvolvidas em 2011 está a construção de 340 bibliotecas nas Praças de Esporte e Cultura. Do mesmo modo, o MinC apoiou a implantação de novas bibliotecas municipais e atualizou o acervo das bibliotecas, com investimento de R$ 40 milhões.

Agentes de Leitura

Outro modo de fomentar a leitura é por meio do programa Agentes de Leitura, em andamento desde 2010 pelo Ministério da Cultura. Os agentes são jovens entre 18 e 29 anos que recebem uma bolsa de R$ 350 mensais para desenvolver ações de fomento à leitura – eles leem e emprestam livros às pessoas da casa visitada e da vizinhança.  Entre 2010 e 2011 foram feitos convênios com estados e municípios para cerca de 4,5 mil agentes para atuação em mais de 400 localidades. Uma parceria entre os ministérios da Cultura e Educação, anunciada no último dia 8 de dezembro, vai possibilitar ainda, no ano que vem, a implantação de 4 mil agentes em mil escolas públicas, ampliando o escopo de atuação do programa.
A sociedade civil também é convidada a participar deste pacto por um Brasil mais leitor e, por isso, desde 2008, o MinC premia ações de estímulo à leitura, por meio dos Pontos de Leitura. Cada premiado recebeu um kit com acervo de 650 livros, pufes, computador e estantes. Existem atualmente 1.200 deles que são, de alguma maneira, apoiados pelo governo. Para o ano que vem, a proposta do MinC é ampliar este conceito, lançando o edital “Leitura para todos”, beneficiando projetos sociais de leitura em três categorias: formação e atuação de mediadores de leitura, projetos sociais em espaços não-convencionais (hospitais e em áreas de vulnerabilidade) e bibliotecas comunitárias.

Censo Nacional

Outra meta do PNC é que 100% dos municípios brasileiros tenham pelo menos uma biblioteca pública em funcionamento. Para isso, em 2009, o MinC contratou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para realizar o Censo Nacional das Bibliotecas Públicas Municipais. Segundo o Censo, existiam, no ano passado, 400 cidades sem o equipamento. O ministério então enviou os kits de implantação às prefeituras, composto de estantes, acervo de 2 mil livros, equipamentos eletrônicos e mobiliário. “Para nós, do Ministério da Cultura, a biblioteca tem de ser um centro cultural dinâmico, espaço para todos os suportes de leitura”, afirma o diretor de Livro, Leitura e Literatura da FBN, Fabiano dos Santos Piúba.
No final de 2010, o MinC publicou também a Portaria 117, que institui o funcionamento da biblioteca pública como pré-requisito para que a prefeitura ou estado receba recursos do Ministério da Cultura. Atualmente, segundo dados da FBN, apenas 36 municípios – por problemas documentais – não receberam ainda o kit de implantação. “Mas isso não é suficiente. É muito comum, após algum tempo, as bibliotecas fecharem as portas. Por isso, estamos convidando escritores, personalidades e instituições do terceiro setor para apadrinharem essas novas bibliotecas e, assim, atuarem lado a lado com o governo para que os livros possam fazer a diferença na formação das pessoas e, com isso, ajudar essas comunidades a se desenvolverem”, diz Galeno Amorim, presidente da Fundação Biblioteca Nacional .
(Texto: Neila Baldi, Ascom/MinC)

Novo Nordeste IV

Grupo de Teatro Roda Moinho vai ministrar oficina em Juazeiro.


O Centro de Cultura João Gilberto vai oferecer a comunidade da região no período de 23 a 25 de janeiro uma Oficina de Teatro. Intitulada “Anima tudo – bonecos, máscaras, palhaço e muito mais!”, a oficina faz parte do Projeto Migrar - Sertão Adentro, desenvolvido pelo Grupo de Teatro Roda Moinho que tem o apoio da SECULT/BA através da Demanda Espontânea e do Centro de Cultura João Gilberto.
Com duração de 12h/aula a oficina é voltada para jovens e adolescentes com idade a partir de 15 anos. Os participantes terão oportunidade de aprender técnicas com noções do jogo cênico de máscaras e bonecos através de jogos teatrais, exercícios e dinâmicas; focando na máscara do palhaço e na manipulação e construção de bonecos com materiais reciclados.
De acordo com o Coordenador do Centro de Cultura João Gilberto, João Leopoldo Vargas, “é uma ótima opção para quem gosta de terapia/dinâmicas de grupos e quer relaxar um pouco mais nesse fim de temporada de férias”. Finalizou o gestor.
As inscrições são feitas no Centro de Cultura João Gilberto, no turno da manhã e as vagas limitadas.

Diálogo das Religiões

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Prefeitura realiza concurso para Rei Momo e Rainha do Carnaval de Juazeiro

Por Luiz Hélio/Seiasc
A partir desta sexta-feira (20) até o dia 26 de janeiro estarão abertas as inscrições do Concurso para Seleção do Rei Momo e da Rainha do Carnaval 2012. Os interessados deverão comparecer à Secretaria de Igualdade, Assistência Social e Cultura (Seiasc), situada ao lado da Catedral, no Centro da cidade, no horário das 09h às 12h. Poderão se inscrever para Rainha do Carnaval mulheres na faixa etária dos 18 aos 30 anos e para Rei Momo, homens com idade a partir dos 18 anos com peso acima dos 100 kg. Ambos os sexos deverão residir em Juazeiro. As inscrições são gratuitas e devem ser efetuadas com apresentação de CPF, RG, comprovante de residência e três fotos atuais. Maiores informações e consulta do regulamento clique aqui O concurso será realizado no dia 29, com desfile de quinze pré-selecionadas para Rainha e apresentação dos cinco pré-selecionados para Rei Momo. O evento acontecerá dentro do Projeto “Esquenta Carnaval”, uma prévia carnavalesca popular que nos últimos domingos vem levando multidões para o palco montado na área do antigo Vaporzinho, na orla, para curtir animados shows de artistas locais. Neste domingo (22), será a vez das bandas “Lambreta Baiana” e “Groove Pancada” animarem os foliões, sempre a partir das 18 horas (verão).


terça-feira, 17 de janeiro de 2012

VIRUS DA GENTILEZA

Conferência Nacional de Juventude termina com pedido de maior espaço político


A 2ª Conferência Nacional de Juventude terminou na ultima segunda-feira (12) com a aprovação de 44 objetivos, distribuídos em cinco eixos. As prioridades da juventude brasileira contaram com a maioria dos votos de cerca de 2 mil delegados de todos os estados presentes ao encontro que ocorreu no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília.
 Os membros do Conselho Municipal da Juventude de Juazeiro, José Manoel e Stallone Araújo, representaram o município de Juazeiro na Conferência. “A construção das políticas públicas para juventude deve levar em consideração a opinião do jovem, que vive no dia-a-dia em um contexto de grande competitividade profissional. A conferência nacional foi uma grande oportunidade de diálogo social, o evento mostrou o quanto juventude é atuante, que participa ativamente da discussão sobre a solução dos problemas e o engajamento político em que se encontra a juventude brasileira", ressaltou Stallone Araújo.
 O documento final pediu reforma política que garanta a participação dos jovens no poder, contemplando de forma igualitária a faixa etária e o gênero. Pede também estabelecimento de cotas da ordem de 20% para participação nas coligações eleitorais em todos os níveis de governos. E reivindicam a destinação de 5% de recursos do fundo partidário para atividades das juventudes partidárias.
 O primeiro eixo sobre desenvolvimento integral defende a luta pela consolidação de políticas educacionais e de cultura e também a implementação de um Plano Nacional que facilite o acesso dos jovens à comunicação, além da participação nas questões ligadas ao meio ambiente.
 O segundo eixo se refere ao direito ao território, que envolve, entre outras expectativas, a instituição de programas habitacionais para a juventude. Os que trabalham na agricultura familiar, camponesa, assalariada rural e integrantes dos povos e comunidades tradicionais querem, entre outros benefícios, acesso à terra e que o país faça a reforma agrária. Eles querem participar das decisões de governo nessas políticas.
 Também foi aprovado o terceiro eixo que trata do direito à experimentação e à qualidade de vida, em que é pedida a não privatização e o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) com prioridade para atendimento à população de 15 a 29 anos de idade. A juventude aspira que os três níveis de governo priorizem sua inclusão em programas como o Bolsa Atleta, Segundo Tempo, Mais Educação e no Programa de Esporte e Lazer na Cidade, com sua participação na gestão de todos os projetos.
 O direito à diversidade e a vida segura está contido no quarto eixo, que pede reinserção sócioafetiva dos jovens infratores em sistema sócioeducativo e sistema prisional dentro da família e na sociedade. Essas ações precisam envolver, segundo a proposta o incentivo dos governos estaduais, para a criação de cotas para esses jovens nas empresas privadas e no poder público, com a extinção da exigência de documento de antecedentes criminais para seleções públicas. Eles querem participar das políticas de reinserção social e do tratamento para reabilitação de jovens dependentes químicos.
 A juventude reunida em Brasília aprovou também proposta para implementação de política transversal para os jovens portadores de deficiência, garantindo educação, atendimento em saúde e na reabilitação, e possibilitando a entrada desse público no mercado de trabalho com oferecimento de qualificação. Outro ponto defendido é a implementação imediata do Plano Nacional de Enfrentamento à mortalidade da Juventude Negra, com a promoção da igualdade racial e o combate ao racismo por meio de projetos sociais e educativos.
 Outra reivindicação da Conferência é a implementação do Plano Nacional de Saúde Integral da População de lésbicas, gays, bissexuais e travestis (LGBT) para a superação de vulnerabilidade de saúde dos jovens de 15 a 29 de idade.
 O eixo cinco pede a descriminalização e a legalização do aborto, apontado como “um grave problema de saúde pública”. A questão teve acirrados debates no plenário. A liberdade religiosa também mereceu destaque no eixo quatro. A juventude quer a criação de um Plano Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, com o estabelecimento de debate entre o poder público e a sociedade civil para garantir a pluralidade das crenças e religiões.
 O último eixo se refere ao direito à participação que pede a incorporação do máximo de movimentos e entidades ligadas à juventude, no Conselho Nacional de Juventude. Segundo a Conferência deveriam participar segmentos que atuem em no mínimo sete estados ou três regiões do país. O último ponto das conclusões se refere à criação de um sistema nacional de financiamento para a juventude, com a regulamentação do Estatuto da Juventude. 
 Com informações da Agência Brasil

domingo, 15 de janeiro de 2012

Novo Nordeste V


Reportagens feitas pela TV Record sobre o Nordeste, o primeiro Estado foi Pernambuco.

Riacho de Poções - Juremal

Um Riacho no meio da caatinga, " O Riacho de Poções" fica atrás da Capela das Covinha em Poções, povoado de  Juremal, distrito de Juazeiro Bahia. O Riacho possui uma pequena Barragem
Estamos em plena seca e o açude ainda tem água, chegamos no mês de dezembro e chuva não caiu na região. O Riacho ainda tem muita água, que só serve para os animais. 
O Riacho é uma Paisagem Cultural do Sertão.
Uma árvore Caraibeira na beira do Riacho, tem uma grande altura, na caatinga nasce perto de Riacho.
No blog: acaradointerior

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

A Turner Página

Aula de português

Baé, o jogador: “não me considero um craque”


Minha vida no futebol -
Focalizado: Antônio Barbosa: Baé -
Antônio Barbosa o conhecido “Baé”, começou a sua carreira de jogador de futebol nas equipes suburbanas de Juazeiro, como: Campo dos cinco, Liga dos Khoury, 1º de Maio, Liga Adalberto Matos, Liga de Piranga e também na Liga de Petrolina. Nesta época trabalhou com várias pessoas que tinham a responsabilidade de conduzir uma equipe de futebol à altura como o Sr. Darinho, o Raimundo Amarildo, “Seu Piroca” Ademir Matos, “Seu Bila”, Adeltildes, Timbira, Zequinha, o Pagé, e Dozinho que dirigiu o clube de futebol Real Madri que tinha no seu plantel, atletas de nome como: Tubão, Celso, Vevé e outros mais.
Como não existiam as escolinhas, a divisão de base era chamada segundo quadro. O garoto foi se destacando até ser convidado então pelo Sr. Péricles Mota e Zé Martim para jogar na equipe do Veneza, mas, recusou o convite, pois, a sua vontade era jogar ao lado do grande amigo “Caboclinho.” O então Ulisses Mendes, conhecido por “Batata”, sabedor deste episódio, participou a seu Oscarzinho (presidente do Fluísco) que ele, não tinha a pretensão de jogar no Veneza e que poderia ir para o “Fluisco”. Assim aconteceu e foi jogar no segundo quadro do Fluisco. Algum tempo depois, no penúltimo ano do time, teve a felicidade de jogar ao lado de Caboclinho em 1963, sendo campeão do torneio início. Depois de jogar pela Seleção de Juazeiro, foi para o Olaria em 1965, disputar o torneio “JOALINA” antigo BAPE, onde se sagrou campeão sendo destaque na temporada ao lado de vários craques como Mimí, Derivaldo, Biu, Dezinho, Jaime Pirrucha, Anísio, do folclórico Lourinho, Zé Tarzan, de Sabino do Bairro Santo Antônio, e outros. “Permaneci na equipe do Olaria no ano seguinte de 66, para disputar novamente o BAPE e com outros grandes valores como: Dozinho, Ribinha, Garrinchinha, Zezinho, Costinha, Domingos e outros.

Aos 15 anos era aspirante e posteriormente titular do Carranca. Depois de Batata, veio Edésio Santos. “A aminha trajetória no Fluisco foi rápida, pois, logo, logo, fui para o Carranca onde joguei e fui campeão pelo BAPE, com feras do futebol como o Nunes, o Aécio, Cabelo, Tubão, Carlinhos Boçal etc. Sendo eu, o vice-artilheiro da competição com 08 gols, depois fui para o Campinense, da Paraíba onde me tornei jogador profissional. Depois, para o Borborema e Treze de Capina Grande. Fui um atleta sempre disciplinado, pouco fazia falta, jamais fui expulso, pouquíssimos cartões amarelos, tinha uma pegada forte, chutava forte e certeiro. Na minha vida de jogador de futebol não me considero um grande craque, mas, um bom jogador”. Baé recorda emocionado que naquela época, o estádio Adauto Moraes era palco de grandes e memoráveis partidas de futebol onde a rivalidade de Veneza, Olaria e Carranca era notória, as torcidas eram vibrantes e emocionava qualquer atleta que lá de baixo, “tinha que fazer chover de qualquer jeito a gente jogava por amor, hoje tudo é diferente.
Relembra Baé: “Certa feita, em jogo decisivo entre Carranca e Olaria, o Carranca era o time favorito ao título eu jogava nele, foi em 1979, caiu uma chuva intensa, estádio lotado, levaram uma geladeira ao estádio que representaria o nosso time. O que aconteceu? Perdemos a partida e o título. A partir daí até o hoje, o Carranca é conhecido como geladeira. Esta é uma tristeza que carrego até hoje.. E a minha alegria, foi me sagrar campeão do BAPE pelo o Olaria com Dozinho e companhia. Tive a oportunidade de jogar com grandes atletas que fizeram história no Adautão como Zé Odorico, Mario de Adauto, Jaime Pirrucha, Dino, Dozinho, Nunes, Aécio, Belline, Givaldo, Costinha, Domingos, Caboclinho, Artur Lima, Garrinchinha, Bebeto, Avelar, Valdecí, Celso Maravilha, Taladinho, Vevé, Lécio, Mundoca e inúmeros outros. Portanto, creio que aqui em Juazeiro, jamais acontecerá torcidas tão vibrantes como tinha o Veneza e o Olaria, creio que agora no Campeonato Baiano haja a rivalidade entre os dois clubes o Juazeiro e Juazeirense, mas, não com tanta força como antigamente. Sobre os dois clubes profissionais que representam a cidade, “o Juazeiro é uma equipe mais velha no campeonato, é uma marca viva, todos conhecem, tem sua torcida e a Juazeirense está chegando agora e está mostrando organização, foi campeã da segunda divisão”.
Hoje Baé, não joga mais futebol nas quatro linhas, mas fora delas, é que, na atualidade é o presidente do Juazeiro Social Clube e pretende realizar um mandato diferente: “Todos já tiveram sua oportunidade, e, agora é minha vez. Faremos uma administração transparente e divulgaremos na imprensa as nossas receitas ao torcedor que é o grande propulsor da equipe. Faremos um time forte que honre o nome e sua tradição. Um time que represente bem e com certeza dará alegria a nossa nação” finalizou.
Por Pinguim.


quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Mercado Produtor - Cotação de Preços


 Mercado do Produtor de Juazeiro - BA.
10/01/2012  FONE: (74) 3611-585

Beyoncé & Hugh Jackman

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Secretário de Cultura anuncia atrações e início do “Esquenta Carnaval”


Por Raphael Leal/Ascom
O secretário de Cultura de Juazeiro, Crisóstomo Lima, Zó, anunciou na manhã desta sexta-feira (6) as atrações já asseguradas para o Carnaval de Juazeiro, que acontece de 02 a 05 de fevereiro. Este ano, de acordo com a organização, é a consolidação do que já era visto: “O Carnaval da Bahia começa em Juazeiro”. O secretário também anunciou que a partir deste domingo (8) será apresentada a grade de programação da festa de momo do município, quando inicia o “Esquenta Carnaval”, com trio elétrico e uma banda de música tocando num palco na orla da cidade, na praça onde ficava o Vaporzinho com a Banda Mirada e Dona do Grouve, a partir das 18h.
O secretário fez um breve histórico das festas dos outros anos e da satisfação em trabalhar e realizar essa festa pelo segundo ano numa parceria com a Associação dos Blocos. Também ressaltou que agora o Poder Público e Blocos podem se programar, pois o carnaval da cidade já tem uma data definida, com a aprovação da Lei apresentada pelo vereador Pedro Filho e sancionada pelo prefeito Isaac Carvalho.  “A partir de domingo a cidade passa a respirar carnaval. Ouvimos a população e as pessoas que fazem carnaval e numa ação democrática vamos realizar mais uma festa. Esperamos que tudo saia como o planejado e que tudo ocorra na maior paz e alegria, que são características de uma festa carnavalesca”, disse o secretário, que apresentou mais de 50 atrações, entre elas Harmonia do Samba, Cheiro de Amor, Negra Cor, Luis Caldas e Tuca Fernandes.

O presidente da Associação de Blocos de Trio e Corda de Juazeiro, Luis Cláudio Guimarães, contou que as expectativas para os blocos são sempre as melhores. “Nós sempre pensamos positivo, para receber os nossos foliões. E a partir de agora, com essa divulgação, ajuda a alimentar mais ainda o clima de carnaval na cidade e na região”, disse. Integrantes de blocos participaram do anúncio das atrações. O diretor do Bloco Aula Vaga mostrou-se entusiasmado. “Nós já tínhamos iniciado a nossa divulgação e as expectativas são as melhores possíveis. Com essa data, pegamos o público que nos interessa, que são secundaristas e universitários. Acredito que a festa será um sucesso”, declarou Jamerson Schelemberg.
Feriados: Publicado no Diário Oficial desde novembro de 2011, a sexta-feira de carnaval, dia 03 de fevereiro, será feriado municipal. Além deste feriado, os demais serão o seguinte: 06 de abril (Sexta-feira da Paixão); 15 de julho (aniversário da cidade); e 08 de setembro (Padroeira da Cidade).
Saber Mais


segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Maria Craciun - La vie en rose

Exposição de Arte Plásticas - Monthermon

 O Artista Wilson Feliciano de Moura - Monthermon, natural de Juazeiro, faz exposição na Casa do Artesão. 
Wilson procura novos conceitos, num desafio aos limites da própria imaginação. A exposição vai até dia 20 de Janeiro na Casa do Artesão, de terça a sábado.

domingo, 8 de janeiro de 2012

A Criatividade Precisa de Tempo

Mesmo sem chuva o umbu aparece

 Juazeiro já tem umbu, os vendedores dizem que é de Flamengo e Jaguarari, aqui ainda não choveu.
O Umbuzeiro ou Imbuzeiro também conhecida "Árvore-que-dá-de-beber"  suas raízes tem batatas que acumulam água. Por isso é que tem umbu na seca. Euclides da da Cunha chamou de "Árvore Sagrada do Sertão". 

sábado, 7 de janeiro de 2012

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Dúvidas & Sexo

Educação divulga lista com ranking geral dos classificados no concurso em Juazeiro


Secretário de Educação Clériston Andrade
A Secretaria de Educação e Esportes de Juazeiro divulgou no inicio da tarde desta sexta-feira (6), a lista do ranking geral com o nome dos candidatos classificados no concurso público, realizado no dia 20 de novembro para o preenchimento de 392 vagas. 
De acordo com a Seduc, 350 pessoas já foram convocadas. A lista divulgada neste dia 6 irá atender as vagas remanescentes e das áreas que não foram preenchidas.  “As pessoas que já foram convocadas estão dentro do prazo de apresentação da documentação exigida no edital para o ingresso no cargo, caso essas pessoas não apresentem a documentação, novas vagas surgirão. Mas quero dizer que todas as vagas definidas no edital, as 392 serão preenchidas”, observou Clériston Andrade. 

Seca d'Água (Projeto Nordeste já)

Jornais afogados em números


Faz alguns anos que o nordeste brasileiro não aparece no noticiário da imprensa nacional em histórias trágicas sobre seca, migrações, flagelados. Ao contrário, aqueles estados têm apresentado os mais elevados índices de crescimento econômico entre as regiões do país e começam a atrair de volta nordestinos que se mudaram para outros estados e até mesmo trabalhadores especializados do sul e sudeste.
Parte desse milagre é atribuída aos projetos sociais de transferência direta de renda, como foi demonstrado em alguns seminários técnicos sobre o assunto realizados em São Paulo nos últimos anos. Mas no caso das secas, na verdade o que ocorre periodicamente é o atraso no ciclo das chuvas, causando a perda de lavouras.
A construção de açudes e abertura de poços, aceleradas nos últimos anos, ajudarama reduzir o problema climático, enquanto os programas sociais consolidam o combate à pobreza. Mas os açudes também ajudam a conter outro problema ambiental, o das inundações, que com frequência é erradamente chamado de desastre natural.
Tanto no nordeste quanto no sul do país, secas e inundações são fenômenos climáticos produzidos ou agravados pela destruição das matas e a intervenção humana nos cursos dos rios. Para prevenir esses desastres, foi criado o Programa de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres, que susbsitui neste ano o antigo Programa de Prevenção e Preparação para Desastres, agregando as ações desse tipo que são atribuições de seis ministérios: Defesa, Ciência e Tecnologia, Meio Ambiente, Minas e Energia, Cidades e Integração Nacional.
As verbas para ações mais típicas de prevenção contra enchentes, como as obras de contenção de encostas e macrodrenagem, estão concentradas no Ministério das Cidades, que tem assegurados R$ 11 bilhões para o período de 2011 a 2015.
No último dia 3/1, terça-feira, o jornal O Estado de S.Paulo incluiu na lista de desastres a própria gestão das verbas do programa preventivo: segundo o jornal paulista, o ministro da Integração Nacional, o pernambucano Fernando Bezerra Coelho (PSB), destinou ao seu próprio estado nada menos do que 90% dos recursos para a contenção de enchentes em 2011. Os demais jornais de circulação nacional entram na história nesta quinta, dia 5, acrescentando que, em 2012, de novo, a verba contra enchente privilegia Pernambuco.
Verbas desviadas
O noticiário, principalmente o do Globo, tem um tom claramente bairrista – ou regionalista – ao comparar as verbas destinadas a Pernambuco com o dinheiro do Ministério da Integração Nacional enviado para Nova Iguaçu, no Estado do Rio. São diferenças astronômicas, de muitos milhões para prevenir enchentes em Pernambuco e alguns milhares de reais para Nova Iguaçu.
Mas o noticiário omite certos detalhes que, se não isentam o ministro Bezerra de ter agido de maneira a privilegiar a região onde tem sua base eleitoral, oferecem outra visão para a aplicação dos recursos.
Por exemplo, ao informar que Pernambuco vai receber em 2012 11,6% do total da verba geral para obras de prevenção, o tom da reportagem é de denúncia, quando na verdade aquele estado fica em terceiro lugar entre as unidades da federação que serão beneficiadas.
Considerando que a distribuição é feita segundo o grau de risco de cada região, não se deve estranhar que Pernambuco fique em terceiro entre as prioridades, atrás de São Paulo e Rio, uma vez que Santa Catarina, outro dos estados onde têm ocorrido enchentes trágicas, vem recebendo verbas e realizando obras há mais tempo.
Além disso, é preciso considerar que a liberação de recursos está condicionada à apresentação de projetos e não é apenas ironia o fato de Pernambuco ter apresentado mais projetos.
Os números indicam que Fernando Bezerra privilegiou realmente seu estado, e os dados da execução orçamentária confirmam que, da verba sob responsabilidade do Ministério da Integração Nacional, 21,9% foram destinados a Pernambuco em 2011.
Mas o noticiário tenta transferir para todo o programa de prevenção o caso isolado de Bezerra, que provavelmente agiu diretamente para acelerar os projetos em sua região.
Para se ter uma idéia do total aplicado nas ações de combate às enchentes, a imprensa deveria contabilizar todos os recursos destinados ao programa, em cada ministério, e cotizar sua aplicação com os projetos apresentados pelos estados. Além disso, é preciso dar conta de outros desvios, como os casos de verbas retiradas do programa de combate a desastres naturais e aplicadas em outras finalidades.
As enchentes estão aí mais uma vez, em muitos municípios as obras preventivas nem começaram e os jornais, empenhados em derrubar o ministro, deixam de informar o leitor sobre o que realmente vem acontecendo, como alguns sinais de corrupção e uso indevido das verbas.
Luciano Martins Costa

Chega de Mágoa

Matando a Sede

Em busca de água o sertanejo anda léguas para encontrar o liquido mais precioso da vida. 
A água do riacho só serve para aos animais, mas o sertanejo anda léguas para conseguir a sobrevivência das suas criações.. O jumento é o meio de transporte muito utilizados ainda no Sertão. Como disse Luiz Gonzaga "O Jumento é nosso irmão".

Tenho Sede

Prefeito de Juazeiro decreta Situação de Emergência na Zona Rural


Ascom /PMJ
Devido ao forte período de estiagem na zona rural do município, o prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho, decreta Situação de Emergência. A ausência de reservas hídricas piora ainda mais a situação das famílias, que na sua grande maioria tem a agricultura como principal atividade econômica e de subsistência. A intensidade deste desastre natural fica caracterizada como de nível II, de acordo com a Resolução nº. 03 do Conselho Nacional de Defesa Civil.
O prefeito autoriza as Secretarias Municipais a adotarem ações e medidas urgentes, necessárias para o atendimento das famílias afetadas, até o retorno da normalidade. Também determinou ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) que efetue a contratação de carros-pipa para distribuição de água nos locais mais necessitados, reforçando as ações da “Operação Pipa”, coordenada pelo Exército Brasileiro, que já reiniciou as atividades. O Decreto 003/2012 passa a valer a partir desta data e deve vigorar por 90 dias, podendo ser prorrogado pelo prazo de 180 dias.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Ivete no Show da Virada

Aeroporto de Petrolina

 O aeroporto de Petrolina Senador Nilo Coelho é um dos principais do Nordeste.
 Opera com  várias Companhias Aéreas: A Gol Linhas Aéreas, OceanAir Linhas Aéreas, Avianca , TAM e a TRIP Linhas Aéreas. É muito bem  administrado pela infraero que também comanda 67  aeroportos.
No aeroporto tem bonitos painéis do maior artista Plástico de Petrolina: Celestino Gomes.

FELIZ ANO NOVO

domingo, 1 de janeiro de 2012

Festa do Bom Jesus dos Navegantes 2012 - Juazeiro Bahia

 O Bom Jesus dos Navegantes
 A tradicional procissão do Bom Jesus dos Navegante é a primeira Festa Popular de Juazeiro. O dia foi marcado com Missa , muitos pedidos dos fiéis e muita devoção. Estava presente o prefeito Isaac Carvalho, o Chefe de Gabinete Professor Roosvelt Duarte, Padre Josemar, Família do jornalista e barqueiro Ermi Ferrari, o Engenheiro Agrônomo Ermi Ferrari Junior, Professora Rosângela que hoje organizam a festa, junto com a Prefeitura Municipal e a Igreja Católica da Cidade. 
O  Cortejo da Festa do Bom Jesus dos Navegantes seguiu pela Orla da Cidade até a Catedral de Juazeiro.
 Teve a participação da grandiosa Banda da Policia Militar de Juazeiro.
Missa Solene, celebrada pelo Padre Josemar na Catedral Nossa Senhora das Grotas.

Mauá lança Selo “A Bahia Feita à Mão” para Certificação do Artesanato Baiano

Legitimar o artesanato baiano. É este o objetivo primordial do Selo “A Bahia Feita à Mão”, concebido pelo Instituto Mauá em parceria com o Ibametro, Sebrae/BA e o Programa do Artesanato Brasileiro – PAB, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O lançamento ocorreu hoje, 28/11, às 9h, no Palácio da Aclamação.Na oportunidade, estiveram presentes o Governador do Estado, Jaques Wagner; o Secretário Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos; o representante do Sebrae/BA, Richard Alves; o diretor geral do Ibametro, Eduardo Sampaio; e a diretora geral do Mauá, Emília Almeida; o Secretário de Cultura, Albino Rubim, entre outras autoridades. Parte integrante do Programa de Certificação do Artesanato Baiano, o Selo visa valorizar e diferenciar o artesanato local, protegendo-o, assim, de cópias e falsificações. “É uma garantia de que o produto artesanal, de fato, foi feito à mão na Bahia, com respeito ao meio ambiente e fidelidade às raízes culturais e simbologias típicas do Estado”, explica Emília Almeida. Trata-se, ainda, do primeiro selo de certificação do produto artesanal no país, em âmbito governamental. “Um diferencial para o nosso Estado e os nossos artesãos”, ratificou a diretora-geral do Mauá. O edital do Programa será lançado até fevereiro de 2012. As inscrições estarão abertas a partir de março. A cada ano o artesão poderá inscrever até dois (02) produtos em apenas uma tipologia. É imprescindível estar em dia com a Carteira de Identificação do Artesão, emitida pelo próprio Mauá, e atender às exigências do edital. O Selo de certificação tem validade de três anos.


Banho de Rio


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia