ITAMOTINGA

O Distrito de Itamotinga fica a 72 Km de distância de Juazeiro, sua população é de 20.995 habitantes.
A maioria da população vive da agricultura, criação de bode, outros são aposentados.

Itamotinga é formada por vários povoados: Guanhães, Mari, Jaburu e Projeto Curaçá: Núcleo 1 a 4.  
O Padroeiro da cidade é Bom Jesus dos Navegantes, tem Roda de São Gonçalo, Reisado, Festa da Melancia, Bode Assado, Galinha Capoeira com Pirão, Matrinchã assada, Buchada e tem uma grande diversidade cultural.
O Serrote do Tirano.
Itamotinga fica no semiárido Baiano, Sertão do São Francisco, teve a felicidade de ficar nas margens do Velho Chico.
Itamotinga ou Pedra Branca - Origem, História e Cultura de um Povo
 Itamotinga ou Pedra Branca como também é conhecida possui nome de origem tupi-guarani.  Fundada por três irmãos portugueses ; Antônio Barroso, Felipe Barroso e Francisco Barroso. Tornou-se uma pequena vila em 1935, situada á margem direita do rio São Francisco. Segundo à pesquisadora Maristela Rodrigues, Itamotinga recebeu esse nome após o Dr. Louro Lustosa decifrá-lo e ficou assim conhecida já que em um povoado vizinho existia uma vila com o mesmo nome de Pedra Branca.A primeira casa de Itamotinga foi construída na Rua Bom Jesus pelo o Sr. José Gabriel da Conceição.A construção da primeira Igreja católica, teve a participação de várias pessoas da comunidade de Pedra Branca, que se reuniram e foram de casa em casa para arrecadar fundos e construir a igreja , porém não foi suficiente para à sua construção. Sendo construída (1925-1928), com ajuda de políticos que naquela época já faziam pequenos comícios. Um ano depois foi celebrada a primeira missa na nova Igreja.

 Curiosidades
Por volta de 1928 o cangaceiro Lampião esteve no lugarejo com o seu bando; Tipos de energia: lampião,querosene, e em 1951 passou a ser luz a motor e elétrica só a partir de 1970.
O primeiro radio de Pedra Branca foi trazido pela professora Delanídia Oliveira; O único governador da Bahia a visitar Itamotinga foi Lomanto Júnior (ex senador do Brasil) em 1968 onde almoçou na casa do representante político da vila Sr. Antonio Barroso Júnior; 1º Comerciante – Passarinho Dantas possuía uma loja de tecidos; 1ª Professora – Josefa Cursino Primeira escola funcionava na rua Bom Jesus,uma prática muito comum era o professor trabalhar 60 dias e ir embora. Escrivão: Zé gringo, 1º Alfaiate – Sr. Durval
Água no chafariz apenas em meados de 73 e 74, na administração de Durval Barbosa. Policiamento – 1º subdelegado Severiano de Souza. 1º delegado – Ângelo Nunes em 1944.
 Aspectos físicos e geográficos
Localização:
Distante da cidade de Juazeiro-BA, 72 Km e a 40 Km de Curaçá. Situada à margem do rio São Francisco no extremo norte da Bahia.
Limites: Curaçá, Sobradinho, Campo Formoso, Jaguarari, Petrolina (PE) e Lagoa Grande (PE).
De clima árido e semi-árido, com alto risco de seca e que o período chuvoso ocorre entre os meses de novembro e março, ou seja, no verão. A precipitação média anual está nos 399 mm, podendo variar dos 1055 aos 98 mm. E a temperatura média anual é de 24,2°C, mas pode atingir a máxima de 46,6°C e a mínima de 20,3°C.
 Pesquisa feita pelos Alunos e Professores da Escola Iracy Nunes em  Itamotinga
Diretor: Ariston Oliveira - Vice-Diretora: Rosemeiry Dias - Coordenadora: Iêda Regina 
Daniel José Paulino - Um grande Escritor
Daniel José Paulino, poeta, escritor, fez o livro mais bonito do Vale do São Francisco "No Viver do Vale das Águas". Nasceu em Guanhães, pequeno vilarejo situado a 5 Km  de Itamotinga, que quer dizer "Vale das Águas! ou "Espírito das Águas". Seu Paulino foi pra São Paulo, trabalhou, aposentou, mas quase morria de saudade da Terra. Sentiu saudade de comer Xiquexique assado, saudade do cuscuz de mucunã, saudade da Acuã e de seu grito, saudade do pirão de peixe matrinchã, saudade de adoçar com rapadura o café, saudade de deitar numa esteira em noite de luar, saudade do nêgo d'água na cachoeira praticando natação, saudade de Iaiá, Sofia, da casa de farinha, saudade do sapato que seu pai fazia e era duro pra dedéu, saudade do forró de joão cabaça e passeio de caminhão, saudade da mão boba buscando os peito da Filomena naquela noite escura de novena, saudade de viajar de jegue vinte e quatro léguas. Oi como doí o coração, Saudade meu Povo Saudade. Seu Daniel voltou, fez um livro maravilho sobre seu povo, sua cultura e história do Vale do São Francisco. 
Itamotinga
 “Vale das Águas! ou "Espírito das Águas".
Rio São Francisco 
 "Saudade daquelas historietas de Caipora, Mula-Sem-Cabeças, do Come-Bunda, das quebradas do Serrote do Junco, do meu Povo com quem eu gostaria de estar sempre junto e em dias de mormaço mergulhar no Rio Velho Chico até o Fundo".
Daniel José Paulino 
 "Saudade das Novenas no São José que são testemunho de f´é, Dona Ana grande mulher, leilão de Tatu-Bola assado, quebrar o jejum comendo Araticum lã detrás do Rocado numa sexta-feira da Paixão. Numa sexta-feira da paixão? Cruz Credo!”
Daniel José Paulino
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia