sábado, 18 de julho de 2015

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Nova Creche na Cidade

Comemorando os 137 anos de Juazeiro da Bahia foi inaugurada, segunda-feira,13, a 14ª Creche, no bairro de João Paulo II. Presente o Prefeito Isaac Carvalhos, o Secretário de Educação e outras autoridades.
A 14ª Escola de Educação Infantil leva o nome da Profª Nélia de Souza Costa.
Nélia de Souza Costa
Natural e Juazeiro da Bahia, filha de Rosalina, Dona Rosa, e do Ex-Prefeito de Juazeiro, Ludgero de Souza Costa; a Sexta filha de uma prole de 7 irmãos. Nasceu em 10 de janeiro de 1937. Com sua família residiu por longos anos na Praça da Misericórdia.

Cresceu em meio a passeio nos jardins e retretas no Coreto da Praça Dr. José Inácio da Silva. Na Rua XV de Novembro passava dias e dias junto aos avós, Joana e Seu Belo da Venda. Fora uma criança ativa e irrequieta por natureza. Viveu em Juazeiro numa época em que a cidade interiorana oferecia uma educação Aristóteles Pires de Carvalho, o Ginasial no Edson Ribeiro, e em Salvador no Colégio Sofia Costa Pinto concluiu o ensino Normal. 

Detentora de uma visão emprendedora optou por morar em Feira de Santana, cidade que atendia plenamente os seus anseios de trabalho e pretensões educativas, tanto que, lá mesmo se formau em Contabilidade. Nélia Costa, mãe de Marluce e luiz Antônio Costa de Santana, e avó de 5 netos e 8 bisnetos. Uma mulher política, valente e altamente caridosa, e determinada nas ações voltadas ao social. 

Sua lembranças será sempre associada á solidariedade humana. Uma cidadã singular, que se fez presente em vários movimentos culturais, institucionais e revindicatórios, em prol de conquista para esta terra. 
A família Costa sente-se honrada e agradecida pela homenagem prestada à Nélia de Souza Costa, em ter o seu nome à frente de um estabelecimento educacional, que favorecerá a esses pequeninos estudantes de hoje, a oportunidade ímpar e futura de um ensino de qualidade.

Parabéns Senhor Prefeito pela construção  de mais uma Creche. Parabéns pelo respeito às familias mais carentes, oportunizando, enquanto mães e pais diariamente se desdobram em jornadas de trabalho. Parabéns ao Secretário de educação por comungar com o Prefeito dos mesmos ideais de expansão dos Saberes, em horizonte de conquistas a tão fundamental educação, rumos a este bairro mais distante.

Enfim, Parabéns a Juazeiro que se rejubila por mais esta iniciaiva; onde se lê á frente desta unidade de ensino o digno nome da cidadã Juazeirense, Nélia de Souza Costa.

Rosi Costa

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Novos Baianos FC


Documentário de Solano Ribeiro, completo, sem cortes e sem interrupções.

JUAZEIRO DA BAHIA

137 Anos, Parabéns Juazeiro.

terça-feira, 14 de julho de 2015

Museu Regional do São Francisco faz Homenagem a Juazeiro

O Museu Regional do São Francisco faz homenagem aos 137 anos de Juazeiro, na semana do seu aniversário.
A Exposição conta a história da cidade através de fotografia, roupas, movéis, desenhos, pintura e vários objetos antigos da comunidade.
A Exposição teve a participação de artistas, professores, politicos. A diretora do museu Rosy Costa está de parabéns.

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Cultura do Rio

João Pedro Stédile - TV Brasil - Espaço Público


O Espaço Público, entrevista o coordenador nacional do MST, João Pedro Stédile. No bate-papo, ele fala sobre manifestações, reforma agrária e atual cenário político do país. TV Brasil

A Carranca do São Francisco





quarta-feira, 1 de julho de 2015

As Ganhadeiras de Itapuã


As Ganhadeiras de Itapuã formam um grupo cultural que tem o objetivo principal de resgatar, valorizar e fortalecer a riqueza da identidade cultural fortemente ligada a um dos bairros mais conhecidos e tradicionais de Salvador. A iniciativa veio em meados de 2004, nos terreiros das casas de Dona Cabocla e de Dona Mariinha, onde um grupo se reunia semanalmente para trocar informações sobre as antigas tradições do lugar.

O nome "Ganhadeiras de Itapuã" é uma homenagem às mulheres que no século XIX e início do século XX compravam os peixes na mão dos pescadores locais, tratavam, empalhavam, e saíam com seus balaios a pé (pois não havia estradas na época) até o centro da cidade de Salvador para venderem os seus produtos e ganharem o sustento da família, assim como àquelas que lavavam roupas à beira da Lagoa do Abaeté e tinham nessa atividade o sustento de suas famílias.

No TVUFBA.DOC, pela voz de algumas das ganhadeiras mais experientes do grupo, como Dona Mariinha, Maria de Xindó e Nicinha, e também das jovens Evelin e Verônica, contamos um pouco da história do grupo, a relação que têm com o bairro de Itapuã e com a Lagoa do Abaeté.Também é um ponto forte a marcante característica musical das Ganhadeiras espalhando seu colorido com a dança nas areias claras dos Abaeté.

Vale do São Francisco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia