quinta-feira, 5 de abril de 2012

Os Penitente - O Encontro dos Madeiros

Os Penitentes chegando no Cemitério de Juazeiro.
Sua origem ? Quem sabe ? Se perdeu na noite dos tempos. Dizem que se originaram da catequese aqui iniciada, lã pelos idos de 1710... Talvez. A história nos fala que frades franciscano aqui fizeram um profícuo trabalho de evangelização e deixaram fortes marcas de sua fé, e toda expressão de sua religiosidade.
As Alimentadoras das Almas palmilham os caminhos da periferia nas noites juazeirense e cumpre um ritual remomorando com os seus impressionantes cantos, a paixão de Cristo. Jamais oram por si mas suplicam perdão pelas almas, rezam por todos que já se foram.
A penitencia tem início na 4ª feira de cinzas. Após a pagodeira do Carnaval, as noites juazeirenses são invadidas, se inundam de lastimosos sons, pranteados cantos, que entermecem e impressionam os mais duros corações. É impressionante, envolvente, tudo é mistério...É noite e mais noites de penitência.Quem canta tão solene e doridos lamentos? São eles, os Penitentes de Juazeiro da Bahia.As alimentadeiras das almas a partir da quarta-feira de cinzas saem às 2ª, 4ª e 6ª feiras, na Semana Santas.
 Partem da Casa-de Orações, e iniciam a caminhada penitencial fazendo sete paradas, denominadas de Estações. são sete estações. Andam em fila indiana à frente um santo madeiro, isto é, uma cruz - e perto um penitente carrega com respeito um pequeno instrumento de percussão, a matraca.
Após, pedem um Pai-Nosso em louvor a Sagrada Paixão de e Morte de Jesus e logo um outro " Pai-Nosso com a sua Ave-Maria" pelas almas do purgatório.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia