terça-feira, 22 de junho de 2010

MUSEU REGIONAL DO SÃO FRANCISCO

A origem do futebol que percorreu as trilhas chinesas, gregas, italianas, inglesas, descansou sob os frondosos Juazeiro e cantou sua história ribeirinha para todo o vale, como pioneira das grandes jogadas desportista, vista pelo povo do Rio São Francisco, isto lá pelos idos desde 1915.
Nasce assim o futebol de Juazeiro, com a visualização da 1ª bola de couro oficial trazida do Rio de Janeiro por Adolfo Bonfim, funcionário dos Correios e telégrafos, sobrepondo-se às lendárias bolas de bexigas de boi, recobertas com folhas de mamonas e ou envoltas por fios de cordão de algodão.
Do alagadiço para o mundo, João Meirelles, Saul Rosa, Agostinho Muniz, Olegário Assis, Cecílio Matos, Edgar Santa Cruz, Adauto Morais, fundaram times, campos de pelotas, e impulsionaram o surgimento de um Estádio de Futebol.
O Esporte vestia uma personalidade maior e os horizontes começaram a se alargar preconizando que nessa terra, se praticaria o melhor Futebol desse Vale, fadado á grandes conquistas.
Com a legalização da Liga Despotiva Juazeirense, em 28 de março de 1923, ea participação dos primeiros times filiados: Veneza, Castro Alves, Juazeiro, Vitória, e Pirajá, foi fundada pela Família Evangelista e o Sr. Miguel Sirgueira uma sociedade para explorar o trufe ( corridas de cavalos) em parceria com o futebol.
No processo construtivo desse tempos, poderíamos citar nomes importantes na condução dos destino do nosso futebol, não só á frente da lida, como das agremiações que tem feito à alegria de todas as torcidas. Pelos clubes evidenciaríamos desde António Evangelista de Melo, Getulino Bispo do Nascimento e Petrônio Amorim, Nelson de Souza costa, Cel. Henrique José dos Santos, Aloísio Vianna e João Batista Mota, Aécio Barbosa, Vavá Melo, Valdemar Diamantino de Assis e outros valiosos colaboradores do Futebol da liga LDJ que somaram vitórias e mais vitórias, diante dos vários selecionados amadorista da região, ensejando belíssimas e coloridas tardes esportivas aos nosso torcedores.
São acontecimentos memoráveis e inesquecíveis:
  • 1970 - Festa de Inauguração dos refletores do Estádio Adauto Morais.
  • 1972 - Inauguração do gramado
O aparecimento do Piranga, do Ferroviário, do Botafogo de Ademir Matos, do Botafogo da PM, do time da navegação o fuísco, hoje o Carranca, o XV de Novembro, o Grêmio, Juventus, Independente, Comercial, Colonial, Barro Vermelho, Juazeiro, Veneza, Olaria, América, Juazeirense, Juazeiro Social Clube e de todos que jogavam e jogaram nesse solo barranqueiro, com certeza fazem parte da constelação desportista que ilumina esse vale de esperanças, emoções e paixão por essa história tão amorosa e verdadeira.

FONTE: Relatos de Herbet Mouse e Augusto Moraes
ORIGEM: Museu Regional do São Francisco
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia