domingo, 17 de julho de 2011

Juazeiro - Uma árvore Nordestina

Um pé de Juazeiro pintado pelos alunos do Colégio Paulo VI.
 Um Juazeiro na Praça Imaculada Conceição no centro da cidade.
Marco Zero - Juazeiro Velho
 "Era a época das bandeiras...
Em determinado ponto da margem do rio, existia uma árvore frondosa, que oferece maior espaço de sombra. Era o Juazeiro. Todos os boiadeiros, transformaram-no em ponto de descanso e por isto, o lugar foi chamado de "Passagem do Juazeiro". Aquela árvore já não existe mais. O lugar, atualmente é chamado de "  "Juazeiro Velho". Algumas pessoas foram fazendo suas moradas ali, o aglomerado humano foi aumentado e as pessoas espalharam-se na direção do poente, sempre à margem do rio. Nesta região. sempre houve grande quantidade de juazeiro e, por isso o lugar conservou esse nome. Juazeiro é uma árvore originária do Nordeste. No inverno, suas folhas ficam escuras e, no verão, ficam mais claras."
Professor Jomar no Projeto "Conhecendo Juazeiro" no Marco Zero, falando sobre a história da cidade. 
" Os seus frutos servem para a alimentação dos animais. É uma árvore indicadora de água no subsolo, porque suas raízes são profunda e desta camada da terra retiram a água para sua sobrevivência. Onde há juazeiros há uma confirmação de água no subsolo. O homem não só aproveita da sombra do juazeiro como também usa os frutos para comer e fazer doce. O entrecasco serve para remédio para "soltar o catarro no peito" 
RECEITA 
"O remédio é feito da seguinte forma: Raspa-se o entrecasco e a raspa fina é colocada em infusão; depois de algumas horas, esta infusão é bem mexida; forma uma espuma e a pessoa vai tirando "0 mãos de espuma" e jogando fora. O que sobra na vasilha é bebido para a cura da doença."
"As folhas do Juazeiro já foram muito usadas para "ariar" os dentes: Pegam-se umas três folhas, faz-se uma espécie de canudos que é dobrados ao meio; tira-se a ponta e vai-se passando sobre os dentes, formando uma espuma, à que se junta, também, um pouco de cinza de lenha, para os dentes ficaram mais claros."
Texto: Livro Juazeiro Bahia - Maria Franca Pires 
Desenhos de Parlim

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia