domingo, 11 de setembro de 2011

Wilson Duarte o ator mais popular da região.



José Wilson Gonçalves Duarte, Wilson Duarte, ou simplesmente Zé Brocoió, paulista de nascimento, baiano por adoção e devoção, mora em Juazeiro, na Bahia, desde a infância, de onde exporta para o mundo a sua criatividade poética e seu humor sem limites. O humoristas, radialista, cordelistas, cervejista, flamenguista e mais um bocado de ...istas, definição que usa na assinatura dos seus trabalhos, é um dos mais requisitados personagens da cultura regional no Vale do São Francisco, de onde manda para o mundo a sua poesia matuta, o seu texto hilário e a sua criatividade musical vencedora dos principais festivais de música da sua região. Radialista, com liderança de audiência a mais de 12 anos, sempre usando a sua criatividade para divertir e informar, Wilson Duarte tem um público cativo, bodegueiros e bodegueiras,que fazem da sua BODEGA DO BROCOIÓ, programa levado ao ar de segunda a sexta-feira, das 16:00 às 17:30 horas, na Rádio Juazeiro AM, 1.190, uma verdadeira trincheira para seu exercício de humor criativo e inteligente.
“A cidade de Juazeiro, que já revelou para o Brasil várias personalidades no mundo da música, das artes, da política, da cultura, da religião e do esporte, cantada e decantada como a princesa do São Francisco, está revelando mais um valor artístico, Wilson Duarte, ator, humorista e radialista. Duarte, na visão dos críticos é um artista de qualidade incontestável e as suas apresentações, inicialmente previstas para o Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro-BA, saiu do circuito regional para ganhar palcos de outras cidades nordestinas, com duas passagens por Salvador.


Wilson Duarte, com seu humor inteligente, conquista de forma surpreendente a sua platéia... O texto, publicado no jornal ATARDE, em 22 de fevereiro de 1995, é um testemunho da qualidade do trabalho desse juazeirense, por adoção. Além de Salvador e cidades baianas e pernambucanas, o humorista já mostrou seus dotes de humor em São Paulo. Cordelista nato, irreverente e atualizado, é autor de textos populares, muito requisitados, a exemplo de O MATUTO QUE FOI AO ESTÁDIO DE FUTEBOL, musicalizado pelo sanfoneiro Targino Gondim e executado em rádios de todo o Brasil. A veia poética/musical de Wilson Duarte o consagra como um compositor vencedor de diversos festivais de Música Popular.  Canções como Boato Ribeirinho, Terra de Ninguém, Medo, Devaneio, Última Chacina, Esqueceram Deus, dentre outras, foram premiadas, em concursos musicais, transformando-o num dos mais premiados compositores da região.Última Chacina - 1º lugar-festival música popular /SESI 1990 (Juazeiro - BA) e 2º lugar-festival São Francisco Encanto/Troféu Geraldo Azevedo - 1992 (petrolina-PE) Esqueceram Deus - 2º lugar- Festival Música Popular/SESI 1990 (Juazeiro - BA)
Boato Ribeirinho - 2º lugar-Festival da Canção Popular - Troféu Edésio Santos - 1994 ( Juazeiro - BA)
Terra de Ninguém - 1º lugar- Festival Canta Bahia/TV São Francisco/Rede Globo- 1995 ( Juazeiro - BA) e finalista-Festival Canta Bahia/TV Bahia/Rede Globo 1995 (Salvador-Ba)
Devaneio- 1º lugar- Festival Edésio Santos da Canção - 1999 ( Juazeiro - Ba)
Medo - 1º lugar- Festival da Música Popular - TV São Francisco/Rede Globo - 2002 ( Juazeiro - Ba)
Boato Ribeirinho é seguramente uma das músicas que abordam o tema Rio São Francisco, mais tocadas e já foi gravada por Nilton Freitas, Targino Gondim e Júlia Ribas.

Propaganda do Vale da Sorte com o ator e humorista Zé Brocoió
Fonte: Bodega do Brocoió
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia