quinta-feira, 22 de março de 2012

A Chacina do Rio Salitre, 1º de junho de 1676

Caçadores de Índios e Família indígenas presa com as crianças
Jean Batiste Debret, Coleção Castro Maya
Gonçalves (1997), em seu Livro Opara, nos traz à consciência que, para encontrar a história dos antepassados não precisamos ir longe, está perto de nós, mas esquecida, sem data nos calendário oficiais, sem tumba ou monumentos. Em 1676, os índios Cariri reagiram contra as constantes matanças e à ocupação do território, atacando casas de portugueses e vaqueiros. Francisco Dias d’Avila, o Segundo, reuniu tropas, atravessando a nado o baixo Rio Salitre, na região de Juazeiro, Bahia. Depois de cinco dias, os índios se renderam, sob promessa que lhes poupassem a vida. E, mesmo assim, mataram os índios amarrados. Eram 500. Fizeram escravos seus filhos e mulheres. O Governador da Bahia mandou celebrar uma missa, em ação de graças... Essa derrota dos Cariris, no Vale do Salitre, representou a limpeza da área, para que depois pudesse ser ocupada pelos criadores de gado. No processo inicial de povoamento, o colonizador buscava a conquista dos espaços privilegiados das serras e das melhores reservas de terras úmidas na Caatinga, que sobrevivência durante os períodos de secas mais prolongadas. Em tais espaços, onde existia água, peixe e caça, foram sendo ocupados pelos brancos, que forçosamente exotavam os indígenas para os lugares mais afastados da Caatinga. Esse reagiram contra a fome, assim imposta a eles. A caça também diminuiu, pela caça predatória dos portugueses, pelas doenças que os animais domésticos traziam contra as quais os animais silvestre não possuíam resistência. Os índios matavam o gado das portugueses para comer. Em represália, os portugueses organizavam verdadeiras caçadas aos índios. Quem conseguia matar mais, era festejado.
A Formação Histórico - Geográfica do Semiárido Brasileiro 
 Harald Shistek, Luzinete Dourado Carvalho.
Livro: Educação e Convivência com o Semiárido - UNEB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia