domingo, 20 de maio de 2012

MOVIMENTO PESCADORES DA CRIAÇÃO III - Arte na Rua

 A última edição ocorreu no porto das barquinhas, em Juazeiro, contando com um grande número de participantes, inclusive o Samba de Véio da Ilha do Massangano. As pessoas que nesse dia fizeram uso dos barcos na travessia Juazeiro/Petrolina passaram em meio à exposição e aos artistas, os quais fizeram intervenções dentro das embarcações.
O resultado obtido no contato dos artistas com o público, através das exposições relâmpagos proporcionou-lhes uma interação muito grande, desnudando o processo e o fazer artístico. Esse contato ensejou uma troca riquíssima de informações e consolidou o espaço da rua como uma galeria livre, popular, interativa, viva, ao alcance de todos e da arte de qualquer um.
O movimento divulgou manifesto anunciando a pretensão de voltar a qualquer momento para novas experiências. Ou não.
A arte só ganha real relevância quando apropriada pelo público. As ditas grandes obras de artes são hoje assim interpretadas não apenas porque seletos grupos de críticos, comerciantes ou teóricos assim as intitularam, mas porque, mesmo quando particulares, ganharam visibilidade coletiva, mesmo quando expressões de um sentir individual, puderam dialogar com quem as recepcionavam.
Fonte: Movimento Pescadores da Criação
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia