domingo, 7 de março de 2010

RIO SÃO FRANCISCO

Rio São Francisco
milionário vestido farrapos
farrapos de velas imensas que arrastam barcaças
sonolentos bem lentos
rio acima
rio abaixo
E no bojo das barcas
bem lentos
sonolentos
vem peixe seco (surubim), couro de onça e jacaré
mamona caroá maniçoba "januária" rapadura
vem tanta coisa
tanta riqueza
tanta fartura !
Se você visse então nosso barqueiros
Sertanejo bem fortes bem brasileiros
remando cantando as mais lindas canções
estrelas rimando com o olhar de morenas
olhar que é estrelas nas noites serenas
E às margens do rio de águas caudalosas
pequenas cidades com história famosas
de congados, tiroteios,
ladainhas
jagunços e novenas
e amantes que roubam mulheres morenas !
Ah! Meu Rio Saõ Francisco
o rio mais brasileiros
que não podendo abraçar inteirinho toda imensa e bela terra brasileira
se despedaça
se suicida
no estrondo de um cachoeira

POESIA: J. Antônio D'Avila
FONTE: Navegação no Rio São Francisco - Ermi Ferrari Magalhães
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia