quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

POEMA DA NECESSIDADE

Costura-se. Borda-se. Caseia-se.
Plissa-se.
Cobrem-se botões.
Vende-se ovos e carvão.
Ensina-se inglês.
Dá-se aulas de violão.
Vende-se roupa usadas.
Ensina-se particular
Matemática e Supletivo.
Vende-se costura do Ceará.
Aluga-se uma casa.
Fornece-se marmita.
Há uma vaga num quarto
em casa de família.
Aceitam-se encomendas
de bolos e salgadinhos
para aniversários
e casamento.

Não vejo.
Creio que não há.
Não encontro.
É inútil procurar o anúncio
"VENDE-SE SONHOS"

LIVRO :O PÁSSARO QUE CRIOU RAIZES
POESIA: PEDRO RAYMUNDO
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia