quarta-feira, 10 de novembro de 2010

EXPOSIÇÃO LUA GONZAGA - II FESTIVAL INTERNACIONAL DA SANFONA


Representante maior da música popular nordestina, Luiz Gonzaga interferiu decisivamente na trajetória da música brasileira ao introduzir no cenário nacional os ritmos do sertão do nordeste - toadas, xotes, xamegos, baiões, xaxados, marchinhas, emboladas.
Ao reencontrar com suas raízes musicais, ajudou a plasmar a identidade nordestina no imaginário do Brasil, imprimindo ao acordeom das valsas e tangos, a partir da década de 40 do século XX, uma nova musicalidade. Então, como sanfona, o instrumento adquiriu nova personalidade.
Na sua busca obstinada pela essência sertaneja, Luiz Gonzaga encontrou nos arquivos da memória os instrumentos musicais para compor uma orquestração diferenciada, com o sotaque de sua terra, criando o primeiro trio de sanfona, zabumba e triângulo.
Na vestimenta dos cangaceiros e vaqueiros encontrou sua personalidade estética.
Sua influência não pode ser mensurada.
É a tradução musical e imagética da própria alma nordestina definitivamente inscrita no cenário brasileiro.



"Gostaria que lembrasse que sou filho de Januário, de Dona Santana. Gostaria que esse sanfoneiro ama muito o seu povo, o sertão.
Que já cantou as aves, os animais, os valentes e os covardes e decantou também o amor, de modo que se lembre de mim, e se lembre principalmente que fui honesto. E eu criei filhos e amo muito a vida. Deixo exemplo de trabalho, de paz, de amor."

Luiz Gonzaga

09 DE NOVEMBRO DE 2010
FONTE: EXPOSIÇÃO LUA GONZAGA (acervo do Memórial Luiz Gonzaga-Recife-PE)
II FESTIVAL INTERNACIONAL DA SANFONA
Centro Cultural João Gilberto - Juazeiro Bahia 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia