segunda-feira, 19 de outubro de 2009

A MULHER DE SETE METROS

PARLIM
Talvez tenha sido a "Mulher de Sete Metros" a assombração mais apavorante do passado.
Um jovem morador da rua da Pimenta (atual rua Francisco Martins Duarte), voltava sozinho de uma festa no bairro Atrás da Banca, e, como não tinha muita coragem, vinha correndo loucamente, pois, a distância entre o local e sua casa era grande.
Ao chegar à praça da Misericórdia, seus cabelos começaram a arrepiar: ali era uma zona perigosa, porque a " Mulher de Sete Metro" aparecia naquela praça.
Foi inevitável o encontro; o vulto imenso, vestido de branco, passeava na área do jardim; tranquilamente, jamais alguém conseguiu ver-lhe o rosto.
O pobre jovem já não sabia mais o que estava acontecendo; correu, correu e, enfim, conseguiu acertar a porta de casa; foi dramático o encontro com a mãe; teve a desagradável surpresa de ver o filho caído aos seus pés; acorda os outros filhos que já estavam dormindo, ainda tremendo de medo, conta aos familiares, certamente, com uma dose muito grande de exagero. o que tinha visto na praça da Misericórdia.
Os irmãos não tiveram o mínimo de respeito ao seu medo e fizeram-lhe toda crítica a que acharam ter direito.
Graças a Deus, a cidade cresceu, o povo passou a ter outra maneira de pensar e a " Mulher de Sete Metro" deve estar aparecendo bem distante daqui...
LIVRO VOCÊ ACREDITA EM ASSOMBRAÇÃO ?
Maria Franca Pires
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia