sexta-feira, 2 de outubro de 2009

MEIOS DE TRANSPORTE

Os primeiros meios de transporte no município foram as canoas (ubás) e os ajoujos, feitos pelos índios. Até o fim do século XVII, a Navegação do São Francisco usava esse dois tipos de embarcação e, ainda, no fim deste séculos, surgiram as barcas. A primeira foi chamada de SANTA MARIA I. No século XIX, apareceram várias barcas e embarcação de vela. O operário Francisco Longuim foi o construtor das primeiras barcas.
Barcas e paquetes embelezavam o rio e testemunharam sobre suas águas uma história cultural muito rica com o aparecimento das lendas, das toadas dos remeiros, das viagens cheias de acontecimentos imprevisíveis, dos usos e costumes próprios da tripulação dessas embarcações.
A partir de 1953, apareceram as barcas à vela e a motor enquanto as barcas antigas foram entrando em desuso.
A implantação pela CHESF do lago Sobradinho, contribuiu para o desaparecimento definitivo das barcas.
No ano de 1871, Juazeiro viu passar por seu porto, a primeira embarcação a vapor
o "Saldanha Marinho" - construído na cidade de Sabará-MG, por ordem do Governador Mineiro. Foi coordenador do trabalho de montagem desse vapor o pai de Santos Dumont.
Em dezembro de 1872, a segunda embarcação a vapor "Presidente Dantas" faria sua viagem: Juazeiro/Januária. Este vapor construído no estados do Rio, chegou aqui, desarmado. Fez uma viagem muito interessante: de Salvador até Alagoinhas. Suas peças vieram pela estrada de ferro; desta cidade para Juazeiro, as peças foram transportadas em carro de boi, pois naquela época, os trilhos da estradas de ferro não tinham chegado a Juazeiro.

Muitos outros vapores viajaram pelo Rio São Francisco. Depois do Lago de Sobradinho, na sua maioria, por falta de estrutura para navegação no lago, foram indenizados; as pessoas passaram a usar ônibus e aviões que fazem viagens mais rápidas.


A Companhia de Navegação já construiu embarcações apropriadas para o lago. Então sendo usadas, sobretudo, para transporte de mercadorias, embora sem o confronto dos antigos vapores.

A Rede Ferroviária continua sendo muito usada no transporte de cargas. No passado, era o meio de ligação entre Juazeiro/Salvador e Juazeiro/Paulistana - PI.

Usa-se, também, o transporte aéreo, cujo aeroporto fica em Petrolina-PE.

O 1º automóvel chegou a Juazeiro no mês de dezembro de 1924; era um Ford de propriedade do Sr. Marinho Caffé. Logo em seguida, apareceu o primeiro caminhão da mesma marca e de propriedade de Sr. Carlos Ferreira Vianna Bandeira. Esse foi o primeiro chover profissional desta terra. Em 1934 o Sr. Perez Angelo Sendero trouxe da Argentina para Juazeiro a 1ª biclicleta.

NOTA: A primeira automobilista, com carteira profissional em Juazeiro, foi a professora Edna Garrido Ribeiro, no ano de 1949.
LIVRO JUAZEIRO BAHIA - Maria Franca Pires (1988)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Nego D'Água

O Nego D'Água

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

OS CONGOS - FESTA DO ROSÁRIO

Rio São Francisco

Rio São Francisco
Juazeiro Bahia